Campeonato Brasileiro 2012 – PES2012

Neste final de semana tivemos a 7ª edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Digital sediado na bela Fortaleza-CE e quantas emoções traria essa edição que pela primeira vez aconteceu na região Nordeste, região essa que mais produziu Campeões Brasileiros, em 7 edições foram 4 Nordestinos no lugar mais alto do pódio – Cabeça de Sergipe em 2007, Natan do Rio Grande do Norte em 2008, Marquinhos Cruel em 2009 e Allyson Black em 2011.
 

E os anfitriões da grande festa do Futebol Digital fizeram bonito, eram a maioria disparada, com destaque para Pernambuco com uma delegação de 22 jogadores, seguido do Ceará que ano a ano mostra sua força com grandes delegações e não seria diferente em sua própria casa. 

Na fase de grupos, correu tudo bem para os Paulistas – Felipe Mestre, Subzero, Alan Freire, Jugol e Pipoca que conseguiram avançar aos mata-matas.


 
No domingo pontualmente as 13:00, iniciou-se os mata-matas com a polêmica fórmula de apenas 1 jogo e logo de cara Allyson Black, o atual campeão Brasileiro e da Copa do Brasil foi eliminado por Wianey do Piauí nas penalidades máximas, frustrando os planos de Bi-campeonato do Pernambucano. Felipe Mestre caiu diante de Fiuk do Rio Grande do Sul, Jugol foi eliminado nas penalidades por Emerson do Ceará(Jabulani) e Pipoca foi eliminado por Leandro Horta. Apenas Subzero que venceu Duda do Distrito Federal e Alan Freire que ganhou de Fábio da Paraíba conseguiram avançar a 2ª fase do Brasileiro.
 

Alan Freire, porém, acabou sendo eliminado por Dexter na fase seguinte em um jogaço vencido pelo Cearense por 4×3, restou apenas Subzero que eliminou na 2ª fase Rigner o grande Campeão Gaúcho e teria pela frente Alonso Rosa de Goiás e Subzero estava mesmo focado em trazer o título para São Paulo ao vencer o Goiano por 1×0, porém, teria pela frente o Cearense Thiago Feitosa, o  Dexter que já tinha mandado Alan Freire pra casa resolveu aprontar mais uma com os Paulistas e acabou com o sonho do campeão da Copa Carrefour, Subzero dando fim na participação Paulista no torneio.

Chegamos a Semi-Final do Torneio com 2 representantes de Espírito Santo, 1 do Piauí e 1 do Ceará. Ralph e Leandro Horta lutavam por uma vaga na final contra José Carlos e Dexter, o Nordeste se uniu em uma só torcida e o único capixabada Alledi tentava fazer frente a torcida, recebendo o apoio dos colegas do Sudeste Brasileiro. Horta literamente passou o carro em Dexter, vencendo por 5×1, carimbando sua vaga para a inédita final e ficou na expectativa pelo seu adversário que saiu em uma disputa de penaltis vencida pelo também capixaba Ralph, pela primeira vez o Espírito Santo chegava a final do BR e chegaram logo com os 2. Parceiros de treinamentos, sabiam que seria uma final difícilima dado ao alto conhecimento de ambos sobre o adversário e realmente foi isso que aconteceu, o jogo estava em 2×2, quando em uma jogada em que pensou que a bola ia sair Ralph apertou o botão Start, paralisando a partida no campo de ataque de Horta, o que gerou uma imediata reclamação de Horta a Kid, a partida terminou, os jogadores se arrumaram para os penâltis, porém, não foram autorizados a iniciar a disputa para que Kid – Presidente da Confederação, se reunisse com um conselho formado por alguns presidentes de federação e a decisão foi unânime na Aplicação da Regra de cartão amarelo ao jogador Ralph, ao receber o cartão amarelo, Ralph foi punido com um gol e então a partida terminou em 3×2 para Horta.

Horta, subiu ao lugar mais alto do pódio, sacramentando uma ótima temporada do Paulista radicado no Espírito Santo na versão 2012, Ralph também fez bonito em seu primeiro BR, foi aclamado pela torcida e ambos conseguiram um feito inédito ao fazer uma dobradinha estadual e elevando definitivamente o Espirito Santo a uma grande potência do PES no Brasil. Dexter colocou pela primeira vez o Ceará no Pódio do BR 2012.

Nós paulistas fomos 5 guerreiros lá em Fortaleza, tendo a honra de mesmo com inúmeras dificuldades conseguir representar São Paulo no BR 2012, nosso estado é o mais rico e com o maior número de jogadores em alto nível e vale a reflexão e temos a obrigação de ser sempre a maior delegação ou mesmo estar entre as maiores delegações por tudo que somos capazes, por tudo que amamos o PES, pelos inúmeros campeonatos que disputamos, tanto em nosso estado como em outros estados, reflitam, por que vocês fizeram falta, o BR ficou um pouco mais triste, porém, lutamos com todas as nossas forças para representá-los, o PES 2012 ainda não terminou, temos 2 paulistas nos representando no maior torneio de PES da História no próximo final de semana no Salão do Automóvel aqui em São Paulo, valendo um Toyota Etios avaliado em 30 mil reais, vamos nos ajudar, vamos treinar Jugol e VinnyOn e quem sabe possamos ver mais um paulista no alto do pódio, como fez Subzero na Copa Carrefour e resgatar aquele gostoso sentimento de vitória, aos que já estão na versão 2013, tenham como foco o BR 2013! Vamos trabalhar para chegar muito forte na próxima edição do torneio mais importante do ano, pra fazer frente as outras escolas de PES do Brasil, capacidade eu tenho certeza que temos!


 
Não se esqueçam: Futebol se joga com PES!

 


Resenha: Alan Freire
Imagens: Alan Freire
Designer: Jefferson Pôssas